quarta-feira, 11 de junho de 2014

publicado em: 11/06/2014 às 00h49:
Comissão em prol da Criação da Universidade Federal de Sorocaba tem presidente e relator
 
Texto: 
 
 

Um grupo de funcionários e estudantes do campus da Universidade Federal de São Carlos UFSCar, em Sorocaba, participaram da reunião (Foto: Divulgação/CMS)
 
 
Na tarde de ontem, vereadores que compõem a Comissão Especial para debater a criação da Universidade Federal de Sorocaba fizeram a primeira reunião e definiram que Izídio de Brito (PT), um dos autores do requerimento pelo qual sugeriu a Comissão, será o presidente, e Luís Santos (PROS), o relator dos trabalhos.

Também participaram da reunião, os vereadores Cláudio do Sorocaba I (PR), presidente da Câmara, Anselmo Neto (PP), Valdecir Morelly (PRP), Hélio Godoy (PSD) e Neusa Maldonado (PSDB), assim como um grupo de funcionários e de estudantes do campus da Universidade Federal de São Carlos UFSCar, em Sorocaba. 
 
O presidente do Legislativo defendeu a importância de dar início às discussões, que podem trazer uma grande conquista à cidade. “Quando o Legislativo concordou com a doação da área para o campus da UFSCar, sabíamos da existência de um acordo com o MEC para que no futuro o espaço viesse a ser a Universidade Federal de Sorocaba”, lembrou o parlamentar. 

Os professores da UFSCar ressaltaram que o processo pode levar anos, mas consideram que seja o momento adequado para iniciar os debates. Alunos que fazem parte do Diretório Central de Estudantes (DCE) da universidade afirmaram que uma mudança agora não seria positiva para eles, e que querem acompanhar o trabalho da Comissão.

Izídio de Brito informou que será agendada uma reunião, da qual quem tiver interesse no assunto poderá participar, para traçar um plano de atuação da Comissão. O parlamentar disse ainda que o campus da UFSCar está em Sorocaba desde 2006, e que o Plano Diretor da universidade já previa que no local viria a funcionar a futura Universidade Federal de Sorocaba, o que até agora não aconteceu.

“Precisamos aproveitar a implantação da nossa Região Metropolitana de Sorocaba e o plano de expansão de Ensino Superior do Governo Federal em discussão. Melhor momento não há para o debate e efetivação da criação de uma Universidade Federal independente”, ressaltou Izídio.

Um comentário:

  1. Eu sou funcionário da UFSCAR Sorocaba e não fui consultado a respeito do assunto. Será que universidade possui dono?

    ResponderExcluir