quarta-feira, 15 de agosto de 2012

NOVA PROPOSTA DO GOVERNO:





O governo apresentou "nova" proposta de reajuste salarial para os técnicos-administrativos de universidades e institutos federais, em greve há dois meses:
1 - Continua o mesmo valor de reajuste linear: 15% dividido em 3 vezes (2013, 2014 e 2015);

2 - O governo aceita a nossa proposta de anexo 4 (Qualificação) elevando um pouco os valores da gratificação:
Nivel fundamental - 10%
Técnico - 15%
Graduação - 20%
Especialização 30 %
Mestrado e doutorado continua com 52 e 75%


3 - Proposta de aumentar o step da tabela de 3,6 para 3,7 em 2014;

4 - Aumentar o step da tabela de 3,7 para 3,8 em 2015.


Percebe-se que a proposta beneficia os servidores que possuem nível médio e fundamental, haja vista que apenas reajustam os percentuais de graduação e pós-graduação (espcialista). Mestrado e Doutorado ficaram inalterados. 

Mais uma vez os Técnicos de Nível Superior são prejudicados na negociação.

.


2 comentários:

  1. Se foda que cortaram o ponto. Mandem bala!

    ResponderExcluir
  2. Notícia do Estadão:
    http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,governo-e-tecnicos-de-universidades-nao-entram-em-acordo-e-greve-continua,917055,0.htm

    ResponderExcluir