terça-feira, 7 de agosto de 2012

Negociação? com única proposta. Nunca vi!

Infelizmente o governo está aproveitando mais uma vez para se fazer de bonzinho.
Vamos analisar: 6 anos depois (3 passados e 3 futuros) e 15,8% de aumento, quer dizer aproximadamente, 2,5% aa. com uma inflação de 6%aa, aproximadamente (isso sem contar o que fica fora das estatísticas oficiais, como o plano de saúde por exemplo que aumenta 10%, no mínimo, todo ano), a nossa perda será em 6 anos de mais ou menos 21%, sem contar que não haverá nehum reajuste de salário e que, portanto, continuaremos com um dos menores salários do funcionalismo público federal.

Aceitar esta migalha é ajudar o governo a enganar a população mais uma vez, dizendo que ouviu nossas reinvindicações.  além disso, por que para os professores o índice chega a até 45% e para nós todos é de, no máximo, 15,8 em três anos.

Espero que a FASUBRA não seja como o PROIFES e aceite esta esmola.  Isso significaria assegurar que o serviço público esta sendo mesmo sucateado e que não haverá pessoas interessadas em trabalhar de verdade para a educação deste país.

Com um salário tão baixo, com o descaso do governo e com a mudança da aposentadoria, realmente, só os pouco capazes e totalmente desinteressados em construir um país melhor, mais dígno e justo, concorrerão às vagas de trabalho.

Nunca vi tamanha falta de vontade política em um setor tão importante como a Educação, como esta que esta acontecendo agora.

Esta é a minha opinião. Espero que a FASUBRA mostre que tem força e não apenas que existe como nome.







Nenhum comentário:

Postar um comentário