segunda-feira, 5 de setembro de 2011

MANOBRAS POLÍTICAS PARA REAJUSTE DO JUDICIÁRIO

Ao que tudo indica, os movimentos de bastidores são fortes em Brasília para concessão de reajuste ao Judiciário.

Proporcionar os reajustes desejados pelo pessoal do judiciário arranharia a imagem de austeridade da Presidente perante a opinião pública e, principalmente, perante os demais servidores que compõe o funcionalismo público federal.

Ao que parece, há um "acordão" em que Dilma nega o reajuste, o presidente do STF pede ao congresso, a Presidente procura blindagem na mídia e, no final, provavelmente o reajuste sairá, não pelas mãos do executivo, mas pela caneta do Legislativo. O jeito é acompanhar isso de perto e ver "quanto" o Judiciário faturará, uma vez certamente um reajuste virá.

Deem um conferida nas reportagens produzidas pela Rede Globo em seus principais telejornais quando se refere ao posicionamento da Presidente Dilma sobre o reajuste solicitado ao Judiciário (link abaixo)
http://www.youtube.com/watch?v=DUq1lz-mkJE


Um comentário:

  1. Aqueles cenários que o Aílton expôs na última reunião sobre um reajuste do judiciário, feito por trás dos panos pelo Governo, eu não havia pensado que pudesse acontecer, mas diante dos fatos, incluindo a mídia televisiva nesse arcabouço, realmente fica evidenciado que são manobras muito bem articuladas e arguídas de motivos puramente políticos e não tendo o bom senso que a democracia exige de todos nós para o pleno exercício da cidadania. O Brasil continua injusto com essas atitudes insensatas. Só votar com consciencia não resolve, temos é que cobrar dos governantes como estamos fazendo.

    A greve continua e o dia da independência vai ter um sabor de protesto para não deixarmos esse legado aos nossos futuros descendentes.

    ResponderExcluir