sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Arrecadação de R$ 90,2 bi é recorde para o mês de julho no Governo Federal



(Fonte: Estado.com.br)
A arrecadação de impostos e contribuições federais atingiu em julho R$ 90,247 bilhões, de acordo com dados divulgados hoje pela Receita Federal. O resultado é recorde para o mês de julho. A arrecadação de julho superou a mediana estimada pela Agência Estado, de R$ 87,3 bilhões, cujo piso era de R$ 76,0 bilhões e o teto, de R$ 90,5 bilhões.

O saldo da arrecadação foi 8,92% maior do que o verificado em junho, já descontando-se o efeito da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Na comparação com julho do ano passado, o crescimento real foi de 21,31%. No acumulado do ano, a arrecadação soma R$ 555,857 bilhões, com alta real de 13,98%, e também é recorde para o período.

CSLL

A arrecadação de impostos e contribuições federais em julho teve influência importante de receitas extraordinárias. Um dos principais fatores foi a receita extra decorrente de recolhimento em atraso de Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), no valor de R$ 5,8 bilhões, "em razão de encerramento de questionamento na esfera judicial". Além disso, o Refis da crise gerou no mês passado um adicional de R$ 2,264 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário